Campanha 24h de Combate à Homofobia (lançamento)

A Campanha 24h de Combate à Homofobia é um movimento virtual que nasceu incentivado pelos avanços nas legislações da Argentina e Uruguai e pelos recentes casos de homofobias, que fazem do Brasil o campeão do mundo em crimes homofóbicos.

Com o intuito de chamar atenção para a tomada de consciência a respeito do que está sendo realizado ou não em relação aos direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) no Congresso Nacional, a Campanha tem como objetivo mobilizar segmentos, organizações e a população em geral para que pautem o assunto em suas casas, locais de trabalho e demais espaços de convivência – dos bares às igrejas – multiplicando informações sobre a temática, de forma que a sociedade se sensibilize pela promoção da equidade de direitos e da cidadania LGBT, assim como por uma atuação política mais concreta no combate às homofobias.

A idéia da Campanha é que, durante 24 horas do dia 18 para o dia 19 de setembro de 2010, as pessoas doem seu tempo para a realização de ações que mobilizem pessoas, multipliquem informações e sensibilizem a sociedade em relação ao tema. Através do site www.24horasdecombateahomofobia.com.br, a Campanha sugere algumas dicas para que as pessoas possam atuar em suas cidades.

Uma das sugestões da campanha é instigar que as eleitoras e eleitores realizem uma pesquisa sobre as candidatas e os candidatos de seu município, buscando se informar sobre quem defende, de forma comprometida e declarada a cidadania LGBT. Outras ações são a organização de palestras em seus locais de trabalho e manifestações em lugares públicos, etc.

Em Brasília, no dia 18 de setembro, na FUNARTE, uma manifestação cultural e política marcará o lançamento oficial da Campanha, com manifestações culturais diversas e bate-papo com representantes do governo, organismos internacionais, da sociedade civil e candidatos.

O evento contará com a participação de Angélica Ivo e Marco José Duarte, mãe e primo do jovem Alexandre Ivo, que recentemente se tornou mais uma vítima dos crimes de ódio baseados em homofobia ao ser espancado e morto em São Gonçalo, RJ, da atriz Liliana Castro, a “Filomena”, da novela “Ribeirão do Tempo”, do ator global Gilvan Oliveira, representante do grupo Humanos Direitos, e artistas de Brasília.

As apresentações musicais ficaram a cargo das bandas Hotel Onda, Watson e Sacassaia e os debates, que serão disponibilizadas em tempo real através do site http://www.24horasecombateahomofobia.com.br, terão como temas: “Homofobias: Direitos Humanos e Políticas Públicas”, “Homofobias em suas Especificidades” e  “Propostas de governo voltadas para a Cidadania LGBT” ((veja programação completa em anexo).

Já aderiram ao movimento os grupos do estado do Pará: COR – Cidadania, Orgulho e Respeito, Instituto Elos e Associação de Lésbicas do Estado do Pará,  que estão organizando um dia de atividades ligadas à Campanha. Os debates também serão disponibilizados em tempo real no site da Campanha.

Serviço:

Lançamento oficial da Campanha 24h de Combate à Homofobia. Dia 18 de setembro, na FUNARTE. Das 13h–19h. Informações: (61) 9908-0792/8211-8742/9103-7807/8119-0303  ou através do site http://www.24horasdecombateahomofobia.com.br.

Esse post foi publicado em Queer e marcado . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s