Festa Junina Queer

Por: Luciana Cordeiro

 Mariana Létti, mestre em Antropologia pela Unb, é feminista e
professora de Sociologia do CEAN. Ela  desenvolveu ao longo deste ano um trabalho  sobre Grupos em Situação de Vulnerabilidade e Movimentos
Sociais com os alunos do 3º Ano. Os alunos escolheram a homossexualidade como tema de debate e o resultado das discussões foi a proposta de incluir na festa junina da escola  uma quadrilha diferente a onde  alguns participantes trocariam papeis e a onde  um casamento hétero,um gay e um lésbico seria celebrado. A direção da escola vetou  inicialmente ,mas após muita discussão resolveram da voz a proposta dos alunos.
Muitos professores e alguns/mas alunos disseram que não iriam a festa, e o casal do casamento gay desistiu em cima da hora ,porém nem por isso a festa junina deixou de ser uma festa animada a onde pais, alunos , professores e a comunidade em geral puderam desfrutar de um bom convívio. Demonstrando  ,assim, que a escola como veiculo provedor de discussões , que tem como obrigação ampliar as visões do mundo e tem o papel de transmitir conhecimento para que a ignorância não seja mais pretexto para preconceitos e nem repressões . Alargando a compreensão da riqueza da diversidade contribuindo para a construção da cidadania e qualidade das relações no convívio social.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Esse post foi publicado em Queer, Queer Theory, Teoria queer. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s