PORQUE O RISO É QUEER

– Por Juliana Spinola

O riso é queer porque desestabiliza a norma. Ele rompe com a seriedade moral. É criada uma nova realidade para abrir espaço a novos discursos. Também é um meio de interação. É por meio do riso que o sujeito queer estabelece relações com outros sujeitos inseridos na norma que, de outra forma, não permitiriam se relacionar. Na caracterização/performance do transgênero, o riso se relaciona com o exagero tanto na caracterização física como nos gestos e falas. O transgênero desafia os padrões normativos através do espetáculo/entretenimento. No momento em que o transgênero está performando, não precisa usar as normas da sociedade. Ele pode criar suas próprias regras/normas e desestabilizar a forma como uma sociedade heteronormativa foi criada para reprimir.

Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para PORQUE O RISO É QUEER

  1. Hannah disse:

    Texto maravilhoso, faltou apenas um comentário final “Então sorria!”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s